A série fotográfica "Mulheres  artificiais" busca retratar manequins femininos e suas idealizações do corpo belo, mostrando a reprodutividade de um paradigma estético do corpo feminino. As manequins são colocadas lado a lado para enfatizar suas características socialmente construídos como "aceitáveis". A série também gera diálogos do corpo feminino como objeto mercadológico ao utilizar etiquetas com código de barra.